Quinta, 06 de Maio de 2021 22:59
(83) 996792335
Política Política

Cidade do Rio prevê vacinação de todos os idosos até fim de abril

Previsão foi feita pelo prefeito em cerimônia do aniversário da cidade

01/03/2021 16h10
56
Por: Blog do Almir Santos Fonte: EBC
© Tânia Rêgo/Agência Brasil
© Tânia Rêgo/Agência Brasil

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, disse hoje (1º) que prevê vacinar contra a covid-19 até o fim de abril todos com 60 anos ou mais e também todos que tenham comorbidades. A afirmação foi feita durante cerimônia de comemoração dos 456 anos da cidade e da abertura das celebrações dos 90 anos do Cristo Redentor.

“Caminhando do jeito que está caminhando, se as vacinas chegarem com a frequência que a gente espera, é possível estar no final de abril com as pessoas com mais de 60 anos e com comorbidades já vacinadas. Agora é óbvio que depende da chegada da vacina”, disse Paes.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Até agora, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, 346 mil cariocas receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19.

Segundo Paes, não há, por enquanto, previsão de decretação de lockdown ou de aumento das restrições na cidade, porque, de acordo com ele, “não há uma pressão sobre a rede pública” de saúde e “há uma diminuição de casos, de internações e de óbitos” no município.

“Enquanto perdurar esse quadro, enquanto a ciência mandar a gente fazer as restrições que estamos fazendo, vamos fazer. É óbvio que estou preocupado, olhando a situação de outros estados, de outras cidades. Então estou muito atento, não descarto absolutamente medida nenhuma, mas, nesse momento, a recomendação do comitê científico é manter as restrições que a gente vem mantendo”.

Aniversário do Rio

O aniversário da cidade foi comemorado na manhã de hoje (1o) com uma missa no monumento do Cristo Redentor, que contou com a presença do ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, e do governador em exercício do Rio de Janeiro, Claudio Castro.

Historicamente considera-se a data de fundação da cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro 1º de março de 1565, data da chegada de Estácio de Sá ao local para liderar uma campanha militar portuguesa contra os franceses, que haviam se instalado na região uma década antes.

O Rio foi capital do país de 1763, sucedendo a Salvador, até 1960, quando perdeu o posto para a recém-construída Brasília. De 1960 a 1975, o Rio se transformou no estado da Guanabara. Em 75, com a extinção do estado da Guanabara, o Rio se tornou a capital do estado homônimo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias