Header Ads

Conversa interceptada mostra Ricardo Coutinho falando sobre pagamento de propina

Ivan Burity diz, em delação premiada, que ex-governador era chefe de Organização Criminosa.

Governador é apontado como chefe de organização criminosa (foto ilustrativa) (Foto: Reprodução)

O ex-secretário executivo de Turismo da Paraíba, Ivan Burity, afirmou em sua colaboração premiada que Ricardo Coutinho é o líder da Organização Criminosa (Orcrim) investigada pela Operação Calvário. A declaração consta nos documentos da operação obtidos pelo Click PB.

"Ricardo é o chefe da Orcrim formada no estado para desviar verbas de diversos setores a fim de fomentar suas campanhas políticas e de aliados", diz a delação de Ivan Burity. 

Além dele, também fizeram delações premiadas a ex-secretária de administração do estado, Livânia Farias e operador da Cruz Vermelha do Brasil – Filial do Rio Grande do Sul, Daniel Gomes da Silva, também apontado como um dos líderes da Organização Criminosa.

O processo apresenta a transcrição de uma conversa interceptada entre o ex-governador Ricardo Coutinho e Daniel Gomes da Silva, na qual eles falam abertamente sobre o pagamento de propinas, no valor de R$ 360 mil por mês, entregues à Livânia Farias.

Veja o conteúdo da conversa:


clickpb

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.