sábado, 18 de maio de 2019

Justiça manda soltar ex-primeira-dama de Cabedelo

Jaqueline, também vereadora de Cabedelo, foi liberada mediante a imposição de algumas cautelares.

Jacqueline também é vereadora de Cabedelo (Foto: Arquivo)

O juiz da 2ª Vara Mista da Comarca de Cabedelo, Henrique Jácome, determinou o relaxamento da prisão da ex-primeira-dama de Cabedelo, esposa de Leto Viana, Jacqueline Monteiro França. Jacqueline, também vereadora de Cabedelo, foi liberada mediante a imposição de algumas cautelares. A decisão foi proferida na tarde desta sexta-feira (17) e mantém o afastamento dela das funções públicas.

A defesa da ex-primeira-dama, o advogado Felipe Negreiros, informou que não vai se manifestar sobre a decisão.

Além de Jacqueline, a decisão também converte a prisão preventiva de Adeildo Bezerra. Ambos terão que cumprir medidas cautelares. Entre elas, foi mantida a suspensão das funções públicas. 

O Portal ClickPB apurou que a defesa pediu à Justiça a conversão da cautelar de prisão preventiva decretada em desfavor dos investigados Adeildo Bezerra e Jacqueline Monteiro, uma vez que Leto Viana já assumiu os crimes em confissão à Polícia Federal. 

Assim, de acordo com a decisão, "não mais se observa a existência dos fundamentos referentes à garantia de ordem pública e a conveniência da instrução criminal" para manutenção da segregação cautelar de ambos, Jacqueline e Adeildo Bezerra.

Já a permanência da prisão preventiva de Leto, segundo a Justiça, "se faz necessária, inclusive pela necessidade das ratificações judiciais, contudo, suas declarações beneficiam os réus Jacqueline Viana e Adeildo Bezerra", diz a decisão. 

Na decisão, o juiz de Cabedelo, Henrique Jácome, determinou a imposição de medida cautelar referente ao recolhimento domiciliar no período de 22h às 6h do dia seguinte.

Conforme a decisão, fica mantido o afastamento de Jacqueline das funções públicas, entre outras medidas cautelares: não se ausentar dos limites das comarcas de Cabedelo e João Pessoa sem autorização judicial; não frequentar bares, casas de jogos de azar, casas de shows e teatros. 

Leto e a esposa, juntamente com vários outros vereadores de Cabedelo, foram presos no dia 3 de abril de 2018, na primeira fase da Operação Xeque-Mate.






Fonte: clickpb

Publicidade

Postar um comentário

Blog do Almir Santos

...
A notícia que você Precisa Saber!

Whatsapp Button works on Mobile Device only