Header Ads

Escritora que processou Padre Marcelo Rossi desabafa: "Cobrando aquilo que é meu direito"

(Foto: Reprodução/ RedeTV!)

Após entrar com ação judicial por direitos autorais contra Padre Marcelo Rossi e aEditora Globo no livro “Ágape”, a escritora Izaura Garcia se pronunciou por meio de um áudio exclusivo que foi exibido nesta sexta-feira (23) no programa “A Tarde é Sua”.

“Muitas pessoas estão pensando que autorizei e depois descumpri. Não é nada disso. Eu saí pra comprar esse livro e, quando comecei a ler, me deparei com meu texto. Entrei em contato e chegamos a um acordo que, posteriormente, seria corrigido. Infelizmente, não foi isso que aconteceu. Não quebrei o contrato e não estou atrás de mais dinheiro. Apenas estou cobrando aquilo que é meu direito”, explicou a autora, que alega não ter sido creditada por um texto que foi reproduzido em uma página e meia no best-seller do sacerdote. 

Em seguida, Izaura também contou que já entrou com um pedido na Justiça para uma tutela antecipada, que suspenderia e retiraria o livro de circulação das lojas.

Relembre o caso

Padre Marcelo Rossi e a Editora Globo estão sofrendo um processo de R$ 50 milhões por violação de direitos autorais em seu livro “Ágape”, na edição publicada em 2015. A escritora Izaura Garcia diz que não foi beneficiada devidamente por seu texto utilizado pelo sacerdote no best-seller.

Segundo o colunista Alessandro Lo-Bianco, do “A Tarde é Sua”, Izaura escreveu o trecho em 1983 e chegou a aceitar um acordo com o padre e a Editora Globo em 2016.

Os termos diziam que ela ganharia o lançamento do seu livro “Diabetes.com.saúde” pela editora e receberia R$ 25 mil. Além disso, haveria uma correção nas novas versões do livro em que seria inserido os créditos a ela pelo texto. O processo segue na Justiça.

redetv.uol

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.